Tendência para os próximos meses é uma incógnita, pois depende da imunização dos brasileiros, diz economista

A tendência de consumo das famílias para os próximos meses é uma incógnita, pois depende de vacina contra covid-19, afirmou a economista da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), Catarina Carneiro.
“Somente com a vacina as famílias estarão livres para consumir como quiserem, sem serem pressionadas para fazer reserva de renda para o futuro”, notou ela.
A especialista fez a observação ao comentar alta de 1,2% no indicador de Intenção de Consumo das Famílias (ICF) entre novembro e dezembro para 72,1 pontos, anunciado hoje pela entidade. Mesmo com a alta, o índice ainda é 25,1% inferior a dezembro de 2019; e apresentou o pior patamar em pontos, para meses de dezembro, desde início da série do índice em 2010.
Catarina observou que a pandemia levou ao resultado de pior dezembro do ICF, esse ano. Ela comentou que, esse mês, está sendo comparado a outros meses de dezembro, que não tinham que lidar com o avanço de casos de covid-19. “Estamos notando uma recuperação do consumo [ante meses anteriores em 2020]. Mas não chegamos ao nível [de consumo] que tínhamos antes da pandemia”, afirmou ela.
A técnica notou que há fatores positivos e negativos a influenciar o ICF nos próximos meses. Se, por um lado, há claro sinal de recuperação de consumo, ante meses anteriores, ocorre no momento aumento de número de casos da doença. Há perspectiva de aceleração maior ainda de pacientes, com covid-19, após as festas de fim de ano, reconheceu ela. “Se voltarmos a ter restrições [de circulação social, para prevenir contaminação da doença] isso pode afetar o consumo de novo”, resumiu ela.

Assim, para a especialista, a perspectiva de vacinação, cujo calendário oficial para 2021 ainda não está claro, é a condição para que o consumo das famílias volte ao que era antes da pandemia, notou ela. “Com a vacina as famílias estarão mais confiantes para consumir”, notou ela.

fonte: Por Alessandra Saraiva, Valor — Rio
21/12/2020 12h20

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *