Focado em acompanhar o futuro das atividades presenciais de comércio, o Boticário inaugura no dia 4 de março no shopping Praia de Belas sua nova unidade conceitual, com influência de novas tecnologias e tendências socioambientais.

“A gente aposta muito na evolução física do varejo”, diz Juarez Meneghetti, que gerencia as mais de 20 franquias da rede na Capital. Segundo ele, a expectativa é que a nova loja proporcione maior aproximação entre os clientes com a marca através do uso inteligente da tecnologia para contar a história da loja e também propiciar uma experiência mais individualizada, pois, por meio de um equipamento celular portado por cada vendedora, será possível acessar o cadastro de cada cliente no Clube Viva O Boticário, no qual está registrado o histórico de compras. “A loja física é um relacionamento mais complexo com o cliente”, sustenta Meneghetti.

A unidade tem como inspiração as antigas boticas, que já inspiraram a própria rede Boticário em sua origem na década de 70, mas com ares contemporâneos. Esteticamente, a fachada será feita com um gradil metálico formado pelos traços de ânforas. Este modelo de vasilhame, além de ser uma das marcas informais da loja do Praia de Belas, também batiza o estabelecimento, que se chamará Ânfora Top.

Segundo Meneghetti, a exposição de perfumaria seguirá critérios que priorizem pontos como as matérias primas e a técnica de produção de cada fragrância. Os típicos caixas serão substituídos por uma “mesa de relacionamento” onde estarão embalagens e outros itens, nas quais a própria consultora realiza todos os passos da venda, tornando o balcão de caixa irrelevante na transação. Outro destaque é uma bancada apenas para produtos de maquiagem. Para ele, a meta é “uma jornada mais agradável para o cliente na loja”.

Além disso, a loja tem a sustentabilidade ambiental como meta. Para diminuir a quantidade de resíduos sólidos, parte do material publicitário normalmente utilizado em lojas, como papel e plástico, será substituído por telas multimídia. O mobiliário do local é modular, evitando intervenções de obra civil e diminuindo o uso de acrílico. “A busca por uma operação mais sustentável dentro da O Boticário é uma constante”, diz Meneghetti. Somado às mudanças estruturais, a loja vai ter um espaço na entrada para receber embalagens de produtos de beleza para descarte, não apenas da Boticário, para encaminhar à reciclagem.

O projeto será o primeiro no Estado, e a iniciativa foi proporcionada também pelo advento da pandemia de Covid-19, e todo o processo de repensar relações físicas vindo com a doença. “A ideia é que cada cliente que passe pela loja saia muito melhor do que entrou”, diz. “O futuro do varejo vai passar por esses ajustes no tamanho das lojas físicas, em função dos Custos Totais de Ocupação (CTO) e pelo crescimento das vendas nos canais digitais”, diz Juarez. Assim, se foca no melhor acolhimento e na experiência do consumidor.

Nos últimos anos, o Boticário vem desenvolvendo suas lojas conceituais em diferentes cidades do Brasil focando na experiência do consumidor. Em São Paulo, por exemplo, se desenvolveu a loja-laboratório O Boticário Lab, onde é possível para o cliente fazer o teste de fragrâncias únicas e encontrar qual mais combina com sua personalidade através de inteligência artificial.

Fonte: https://www.jornaldocomercio.com/_conteudo/economia/2021/02/779266-boticario-vai-inaugurar-loja-conceito-no-praia-de-belas.html

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *