Praticamente 7 em cada 10 consumidores brasileiros (69%) tiveram alguma perda de renda desde o início do isolamento social adotado para conter a disseminação pelo novo coronavírus no país.
Com a renda menor, 62% dos brasileiros acreditam que ainda vão enfrentar algum problema que levará ao atraso no pagamento de suas contas. Os dados são de uma pesquisa da DMCard, uma administradora de cartões de marca própria, conhecidos como private label, com 15.010 pessoas entre 5 e 12 de maio.
Perguntados sobre quais dívidas dariam prioridade em caso de não terem dinheiro suficiente para pagamento em dia de todas, as contas de consumo como água, luz, telefone e internet ficaram em primeiro lugar, com 31%, levando em consideração que eles puderam citar mais de uma resposta.
Em segundo lugar na prioridade do consumidor está o cartão de crédito do supermercado, o cartão de marca própria em terceiro (29%) e, em quarto lugar, o cartão de crédito tradicional (20%).
A ordem de prioridade aponta para um consumidor que está preocupado em manter seu poder de compra, principalmente do que é essencial, em manter a comida na mesa, demonstra o levantamento.
Na sequência das dívidas que não ficaram entre as prioridades estão os financiamentos (11%) e a assistência médica (9%).

fonte: Por Weruska Goeking, Valor Investe — São Paulo 07/06/2020

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *